domingo, 1 de setembro de 2013

Duas pessoas são muitas coisas

Quando eu li "Papel Manteiga para Guardar Segredos: cartas culinárias" fiquei apaixonada pela escrita tão delicada e poética da Cris Lisbôa. O livro tem um pouco de tudo que eu gosto: cartas, amigos, amor, receitas, em uma alquimia tão perfeita quanto a que acontece quando se prepara um bolo gostoso. Dá até para sentir o cheiro dos sabores que a autora tão bem descreve.
Encontrar "Duas Pessoas São Muitas Coisas" foi uma alegria. Saber um pouco mais sobre a história de Virgínia, personagem de Papel Manteiga, foi lindo que só. As receitas tem nomes tão bonitos que devem ser feitas recitando poesia, ou lembrando de um grande amor.
Recomendo aos que sorriem com os olhos, porque ainda acreditam.

"Gosto das folhas caídas. Gosto das árvores nuas. Porque sei que o ciclo sempre faz com que tudo nasça de novo e caia e nasça. Isso de morrer e teimar em reviver me encanta. Pena que não seja lei." pág. 31

2 comentários:

Nina disse...

"Papel Manteiga para Guardar Segredos: cartas culinárias" parece ser uma leitura deliciosa em todos os sentidos.

Abraços

Pipa disse...

O livro é mesmo uma delícia, Nina, vale a pena conferir.

abraço,

Pipa